cristo redentor

5 dicas para visitar as belas trilhas do Rio de Janeiro

Conhecer as trilhas do Rio de Janeiro é algo que nem sempre faz parte do roteiro de viagem dos turistas. Mas é uma opção de passeio perfeita para quem gosta de estar em contato com a natureza e apreciar as belas paisagens desse paraíso carioca.

Alguns dos principais pontos turísticos da cidade podem ser avistados a partir das trilhas, Rio de Janeiro assim como algumas das praias mais famosas.

Vale adiantar aqui que nem todas as trilhas exigem preparo e experiência. Ou seja, todo mundo pode curtir o passeio! O mais importante é ter um sapato adequado para aproveitar a caminhada sem desconfortos e não esquecer de levar água, protetor solar e um lanchinho na mochila.

Ficou com vontade de saber quais são as melhores trilhas da cidade? Continue lendo!

Trilhas do Rio de Janeiro: confira 5 sugestões imperdíveis

Veja abaixo algumas dicas de lugares aos quais só se chega caminhando e que você não pode deixar de conhecer:

1. Aprecie a incrível vista da Pedra Bonita

Paisagem vista de cima de uma das trilhas do Rio de Janeiro.
A trilha Rio de Janeiro para a Pedra Bonita é um ótimo passeio para quem não está acostumado com aventura. Fonte da imagem: RioTur

Localizada dentro do Parque Nacional da Tijuca, a trilha para a Pedra Bonita é uma ótima opção de passeio. O trajeto pode ser feito em até 40 minutos de caminhada. Apesar de ter alguns trechos mais íngremes, é uma das trilhas mais tranquilas do Rio de Janeiro, adequada para os iniciantes.

O destaque vai para a vista, pois de lá você pode avistar o Cristo Redentor, os Dois irmãos, a Pedra da Gávea e a Lagoa.

Para chegar até a entrada da trilha, você deve subir a Estrada das Canoas em São Conrado. A dica é acordar cedo para o passeio, já que depois das 15h não é permitido começar o trajeto.

2. Veja a orla da Zona Sul do Morro Dois Irmãos

Escadaria no caminho de uma das trilhas do Rio de Janeiro.
Apesar de trechos mais íngremes, a paisagem do Morro Dois Irmãos, no Rio de Janeiro, compensa qualquer perrengue.  Fonte da imagem: RioTur.

Já a trilha Rio de Janeiro do Morro Dois Irmãos é considerada de nível médio por estar numa área de mata fechada e ter trechos bem íngremes. A subida leva em torno de 45 minutos e começa dentro do Morro do Vidigal. Embora exija um bom condicionamento físico, a vista completa da Zona Sul da cidade compensa o esforço.

3. Troque o bondinho pela Trilha da Urca

O Morro da Urca é o ponto intermediário do bondinho do Pão de Açúcar, um dos cartões postais da cidade. Pela Trilha da Urca, que leva apenas 30 minutos, você consegue chegar até lá sem ter que pegar o bondinho.

Vista do alto de uma das trilhas do rio de janeiro com visão para o pão de açúcar e o bondinho.
Fonte da imagem: RioTur.

Essa trilha do Rio de Janeiro começa no canto esquerdo da Praia Vermelha, é bastante segura e conta com sinalização durante todo o caminho. Chegando lá, todos podem curtir a vista e repor as energias nas lanchonetes e restaurantes que ali estão.

Caso você não queria voltar pela trilha, saiba que dá para descer de bondinho. Para economizar, você pode esperar até as 19h, horário em que as catracas são liberadas.

4. Conheça o melhor ângulo da cidade oferecido pela Pedra da Gávea

A Pedra da Gávea é um ponto que oferece uma vista de tirar o fôlego de qualquer um. De lá, fica bem claro o contorno do litoral da cidade e o contraste do mar e da floresta. No entanto, é uma das trilhas do Rio do Janeiro voltada para os mais aventureiros.

Homem escalando pedra no caminho de uma das trilhas do Rio de Janeiro.
Caso você não tenha experiências em fazer trilhas, é recomendado que vá acompanhado de um guia na Trilha do Rio de Janeiro para a Pedra da Gávea. Fonte: Trilhas Rio de Janeiro.

Embora a maior parte do trajeto de 3h seja tranquila, é preciso escalar uma pedra próxima a um penhasco, o que não é fácil para todo mundo. Por isso, se você não é tão experiente assim, pense em fazer o passeio com um guia.

Como está dentro do Parque Nacional da Tijuca, não dá para começar a trilha depois das 14h. Isso porque o parque funciona das 8h às 17h e todos precisam ter tempo de voltar antes do fechamento.

5. Tire uma foto “arriscada” na Pedra do Telégrafo

Mulher posando para foto em cima de uma pedra
 Fonte: Trilhas Rio de Janeiro.

Talvez você já tenha visto no Instagram uma foto de alguém sobre uma pedra que parece estar à beira de um penhasco. 

Essas fotos se tornaram populares, atraindo ainda mais pessoas para a Pedra do Telégrafo. Aqui vai um spoiler: existe um platô abaixo dela onde é possível ficar em pé.

Vale a pena fazer a trilha até lá para conhecer um visual diferente do Rio de Janeiro. Além de ver algumas praias da Zona Oeste, dá para avistar uma parte mais selvagem do litoral. 

A trilha dura uns 40 minutos e inclui alguns trechos bem inclinados. Está localizada na Barra de Guaratiba, que é acessada pela estrada Roberto Burle Marx. 

O começo da trilha fica no Campo de Prova da Marambaia. Caso prefira, você pode pegar um mototáxi e cortar uma parte do caminho.

Já sabe qual dessas trilhas do Rio de Janeiro você vai encarar? Conte pra gente nos comentários e não deixe de conferir outras dicas do blog para planejar a sua viagem!

Todas as informações estão armazenadas no AWeber ( more information )
Palavras-chave:
Posts anterior

Rio de Janeiro: a Cidade Maravilhosa do Brasil

Próximo post

Vida carioca: Conheça os melhores bares no Rio de Janeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *