O que fazer no Rio de Janeiro em 1 semana

Nada melhor do que curtir todos os feriados prolongados ou as merecidas férias desbravando uma das cidades mais queridas do Brasil. E quando a pergunta é: “O que fazer no Rio de Janeiro em 1 semana?”, atrações e pontos turísticos são o que não faltam para completar um roteiro de 7 dias.

Devido à enorme quantidade de maravilhas que essa capital possui dia e noite, planejar bem a viagem é fundamental para otimizar o tempo e não deixar nenhuma atividade especial de fora.

O Rio é rico em museus e cultura, com um roteiro voltado para a parte artística e histórica. 

Além disso, possui uma gastronomia requintada, uma vida noturna agitada e botequins com samba para os que não abrem mão da boemia.

Já para os apaixonados por praias, o destino é o favorito pela quantidade de opções, tanto de orlas e litorais paradisíacos e com naturezas intocáveis quanto areias movimentadas, repletas de quiosques e paisagens lindas.

E que tal mesclar o melhor de cada categoria citada acima e ter 7 dias realmente bem aproveitados com atrações que são imperdíveis? Foi pensando nisso que a OYO Rooms montou este guia com o que fazer no Rio de Janeiro em uma semana.

Aqui, intercalamos todas as especialidades da cidade para que você aproveite o melhor que o Rio tem a oferecer! Vamos lá?

Roteiro completo: o que fazer no Rio de Janeiro em 7 dias

vista do rio de janeiro
Confira um roteiro completo sobre o que fazer no Rio de Janeiro.

Como não são todos que possuem disposição e tempo para curtir a vida noturna quando se está na estrada, deixamos somente algumas sugestões sobre o que fazer no Rio de Janeiro à noite, ok? Afinal, para quem está de viagem com a família e com as crianças, isso muitas vezes acaba não sendo possível.

E por falar nisso, aqui vai outra dica importante: por mais que a sua cama esteja deliciosa, os passeios são melhores aproveitados se você for cedo, já que o sol vai embora por volta das 18h e alguns lugares costumam fechar suas entradas antes das 17h.

Então, coloque seu despertador para funcionar e não perca nenhuma sugestão que deixamos a seguir.

1º dia

vista do Cristo Redentor
Para quem busca o que fazer no Rio de Janeiro, o Cristo Redentor é uma das atrações mais indicadas. Fonte da imagem: G1. Autor: Pedro Kirilos

Quando se fala sobre o que fazer no Rio de Janeiro, nada mais óbvio do que começar a conhecer e descobrir a capital carioca pelo Cristo Redentor — cartão postal da Cidade Maravilhosa e do Brasil.

Além de ser lindo e render ótimas fotos, seu tamanho também é algo que chama atenção. A ideia é iniciar pelo trem do Corcovado e subir até a estátua mais famosa do país. Os ingressos podem ser comprados pela internet.

Para chegar até o local, o melhor é optar por táxis ou pelo transporte público, já que são poucos lugares para estacionar, mesmo que você chegue mais cedo.

Restaurantes, calçadões e shoppings são o que não falta nos arredores, mas tente ir em direção ao Pão de Açúcar, já que depois do almoço essa será a sua próxima atração.

Para a subida do Pão de Açúcar, os bondinhos com janelas de vidro que permitem uma vista panorâmica da cidade são obrigatórios e também mais seguros do que quem opta pelas ladeiras até o alto a pé. Se tiver com a agenda livre até o início da noite, não perca a oportunidade de ver o pôr do sol e se presentear com a vista do Rio no entardecer e à noite. É um programa inesquecível!.

vista do pão de açúcar
Você também pode aproveitar a vista incrível que o Pão de Açúcar proporciona aos visitantes.

Em seguida, caso você ainda não queira encerrar seu passeio e esteja planejando estender a noite, na Urca existem muitos bares ao ar livre que ficam abertos até tarde, com uma infinidade de opções de petiscos e drinks.

2º dia

O segundo dia será dedicado às praias da zona sul, que possuem um visual digno de filme e são pontos fortes de um guia sobre o que fazer no Rio de Janeiro.

Você pode começar bem cedo no Forte de Copacabana, pois ali tem muitas padarias e locais diferentes para experimentar o famoso biscoito de polvilho ou comer um pão de queijo. Em frente, temos a praia de Copacabana, que é muito extensa e tem o mar liberado para mergulhos e para você começar o seu dia.

praia de Ipanema
Um dos destinos mais desejados por quem procura o que fazer no Rio de Janeiro são as belas praias da cidade.

Ao lado está a praia de Ipanema, e o almoço pode ficar por essa região. Por lá existem restaurantes com a melhor feijoada da cidade ou muito fruto do mar com saladinhas para quem quer investir em comidas mais leves e voltar para a água. Ah, e não esqueça de tirar uma foto com a estátua de Tom Jobim antes de seguir o passeio, ok?

No final da tarde, a dica é curtir a praia e admirar o pôr do sol do alto da Pedra do Arpoador, que fica a alguns minutinhos e vale demais a visita. Com a noite chegando, o ideal é voltar para Copacabana e aproveitar os barzinhos que ficam no calçadão e reúnem muitos jovens e música boa.

3º dia

jardim botânico
O Jardim Botânico do Rio de Janeiro é uma ótima opção para os visitantes da cidade. Fonte da Imagem: GreenPeople

Como podemos ver, opções é o que não faltam sobre o que fazer no Rio de Janeiro. O Jardim Botânico é um dos parques mais bonitos e completos da cidade e do país. 

Ele possui um roseiral de tirar o fôlego, um jardim japonês com muitas cerejeiras em determinadas épocas do ano e até mesmo um jardim voltado para deficientes visuais, onde as placas das plantas estão escritas em braile.

Pare para almoçar por lá mesmo. O parque fica bem no meio de um centro urbano com tudo próximo. A tarde é legal ir pedalar ou caminhar na Lagoa Rodrigo de Freitas, e caso você não tenha uma bicicleta, não precisa se preocupar, pois a prefeitura as oferece para os turistas pelo projeto Bike Rio.

O pôr do sol pode ser visto pela orla da Lagoa e, para quem quer aproveitar ainda mais, a noite carioca termina no Baixo Gávea com muita cerveja gelada e agito.

4º dia

A zona norte não tem praia, porém, não fica para trás! Nessa região está o Parque Nacional da Tijuca, lugar especial para os amantes de trilhas e aventura — e o melhor, fácil de ser acessado por metrô, táxi ou carro privado.

vista do Cristo Redentor
Não faltam opções para quem busca o que fazer no Rio de Janeiro. Fonte da Imagem: ICMBio

O espaço abriga diversas cachoeiras lindas e um restaurante bem no meio da floresta. Assim, você não precisa se preocupar com água e lanches naturais em excesso para depois da trilha!

Após o passeio, é só descer o Alto da Boa Vista e dar de frente com o Maracanã, maior estádio do Brasil e onde encontra-se o Museu do Futebol, além do gramado e do Hall da Fama que estão abertos para visitação mesmo em dias que não tem jogos e shows. Para finalizar, você pode visitar o Sambódromo da Marquês de Sapucaí.

estádio do Maracanã
 Mais uma das grandes atrações do Rio de Janeiro que você pode conhecer de perto é o Maracanã, o maior estádio do Brasil.

Ah, e aqui vai uma dica extra: no começo do ano e antes do carnaval é muito comum que ocorram alguns eventos como aquecimento dessa data tão festiva, viu? Portanto, se seu embarque for nessa época, informe-se sobre os ensaios.

5º dia

Depois de tantos momentos agitados, sugerimos que você tire um day off para aproveitar os litorais mais escondidos e calmos da zona sul e próximos ao Leblon.

Prainha
As praias do Rio de Janeiro proporcionam experiências inesquecíveis aos visitantes.

Você pode ficar por lá ou se arriscar com o carro por trilhas ou caminhadas e parar na Prainha, que fica coberta e protegida pela Mata Atlântica e os cenários ao seu redor são de tirar o fôlego.

A apenas alguns minutos dali fica a Comunidade da Rocinha, que também pode ser visitada com guia turístico. Recomendamos muito esse passeio para você conhecer o Rio de um outro ângulo.

O almoço pode ser aproveitado com os deliciosos petiscos vendidos nos quiosques à beira mar, e depois o programa pode ser conhecer as areias da Barra da Tijuca, emendando a programação até o fim de tarde nos botequins da região, que contam com rodas de samba e chorinhos.

6º dia

Prepare-se para acordar bem cedo e conhecer o centro histórico do Rio de Janeiro. Para visitar todos os museus e teatros com calma, o passeio irá durar cerca de 3 ou 4 horas, terminando na hora do almoço.

Alguns lugares aqui merecem menções honrosas, como é o caso da Biblioteca Nacional — que conta com o maior acervo brasileiro — , do Paço Imperial e dos Arcos da Lapa.

centro histórico do rio de janeiro
O centro histórico da cidade é mais uma alternativa para quem procura o que fazer no Rio de Janeiro.

Saindo dali vá para o bairro de Santa Teresa, muito apreciado por intelectuais, escritores e artistas devido à sua arquitetura que se mantém clássica e colorida ao mesmo tempo. Em Santa Teresa não se esqueça visitar a Escadaria Selarón e aproveitar os mais diversos estabelecimentos com muitos tipos de comidas tradicionais.

escadaria selarón
Não deixe de visitar a famosa escadaria Selarón, em Santa Teresa.

Para quem vai curtir a noite, na Lapa fica a Fundição Progresso, uma casa de shows e eventos com opções para todos os gostos e ingressos que podem ser comprados antecipadamente pela internet. Além disso, o bairro é abrigo de diversas casas noturnas e bares badalados para quem quer sair para dançar até o dia amanhecer.

7º dia

Continuando na região central — não dissemos que tinha muito o que fazer no Rio de Janeiro? —, o sétimo dia merece aquela fotografia com o maior grafite do mundo feito em equipe, o chamado Painel Etnias do talentosíssimo Eduardo Kobra.

Caso você vá em família, pode comprar os ingressos no dia anterior e ir para o AquaRio, que conta os mais diversos tipos de peixes e crustáceos, sendo o maior aquário da América Latina. Caso esteja indo com os amigos ou não curta apreciar a vida marinha, o Museu do Amanhã ou o Museu de Arte do Rio também ficam por ali e possuem preços mais acessíveis.

museu do amanhã
Para quem quer saber o que fazer no Rio de Janeiro, os museus da cidade são excelentes opções. Fonte da Imagem: Museu do Amanhã

Para finalizar a noite e o seu último dia de viagem, até mesmo aqueles que gostam de dormir cedo não podem abrir mão de ver um lindo espetáculo no Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Ele não costuma abrir às segundas-feiras, então procure saber sobre a programação e organize-se para curtir esse ambiente cheio de cultura e história. Com certeza valerá muito a pena!

theatro municipal do rio de janeiro
O Rio de Janeiro oferece muitos passeios culturais e históricos para você aproveitar durante a visita.

E é claro que depois de trazer tantas dicas do que fazer no Rio de Janeiro, não podíamos deixar de sugerir a melhor hospedagem e a preços super acessíveis.

A OYO Rooms, maior rede de hotelaria em nível mundial, conta com quartos disponíveis em toda cidade e em localizações privilegiadas, para que você pague pouco e fique próximo(a) dos pontos turísticos mais importantes.

Todas as informações estão armazenadas no AWeber ( more information )
Posts anterior

Confira 10 passeios no Rio de Janeiro gratuitos

Próximo post

Conheça os melhores lugares baratos para viajar no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *